sexta-feira, 31 de julho de 2009

Que drama !

Como se não bastassem os nossos problemas,uma coisa chamada drama faz com que eles pareçam maiores ou revele a realidade que nos negávamos a enxergar,nos faz sofrer antes da hora e nos maltratarmos sem motivo.

Tem gente que se mata em nome dá fé,gente que luta em guerras por conflitos que aconteceram muito tempo atrás,gente que esquenta a cabeça com economia,gente que sai ferido em protestos,gente que esperou que um vírus desconhecido e pandêmico se manifestasse bastante em sua região pra poder começar a lavar a mão toda hora e ficar mais higiênico,gente que faz dietas malucas pra ficar com um corpo perfeito,gente que come demais por ansiedade,gente que corta os pulsos achando que assim poderá solucionar seus problemas,gente que desistiu do amor por ter saído de um relacionamento ruim,gente que usa o radicalismo sem necessidade.Eu de fora só fico me perguntando: Pra quê tudo isso?

Já ouvi vária histórias de suicídios,nesse caso,o drama é o pior de todos e atinge seu limite,afinal,é muito fácil se deixar levar pelas coisas negativas que veem acontecendo na vida,perder a esperança e simplesmente ignorar tudo de bom que lhe pôde acontecer,e quando já não lhe restam forças,o drama faz com que só se enxergue uma saída e ele impulsiona à morte.

Não acho que devêssemos ter uma vida de alface,mas sim ter a conciência de que o drama deve ser usado para o nosso benefício,e que a vida é boa demais pra ficar se lamentando e desgostando de tudo.Isso pode ter soado meio hippie ou irônico(pros pessimistas),mas a verdade é que os problemas parecem bobos demais perto dessa maravilha que nos cerca.


Mas se você acha que tudo o que eu disse nem é tudo isso,e que o drama mesmo se encontra nesse post,você pode até dizer que quem é dramática sou eu.

4 comentários:

αииє. - мѕ. Cuℓℓєи disse...

tem um selo pra volse lá no meu blog, passa lá ! ;)

Bill Falcão disse...

Não, não, não tem nada de dramático aqui, Lais! Você tem razão. O problema é que a vida não é a mesma pra todo mundo. Como dizia Schopenhauer, "o cenário é belo, difícil é interpretar aqui".
Mas, entendi seu ponto de vista, sua mensagem. Mesmo não sendo um grande otimista, creio que devemos, pelo menos, tentar ser.
Bjoooooooooo!!!!!!!!!!!

Tássia Jaeger disse...

aprovado!!!!

Luciano de Sálua disse...

Nada é complicado, agente que transforma pingos d'água em tempestades.