sexta-feira, 14 de agosto de 2009

O tempo é rei

Tinha vários títulos pra falar do tempo,mas escolhi este (da música senhor do tempo,charlie brown jr)porque relata de forma objetiva e realista a influência do tempo em tudo.Ainda posso me lembrar de ter falado que já queria que chegasse o final de semana,aqui estou eu,sexta-feira,escrevendo sobre o que vem faltando na minha vida e na de muita gente também.

O poder do tempo é tão grande que ele interfere em nossos hábitos e escolhas,mudou tanta coisa que foram se tornando comuns nesses milhares de anos que nós nem conseguimos observar de forma clara as mudanças que ocorreram por conta dele.No assunto de transformações causadas por ele,posso começar com a alimentação,com o aumento de afazeres e redução do tempo foram criadas as chamadas fast foods, esse nome "comidas rápidas" já sugere muito bem o obejtivo;afinal,as pessoas já não têm tempo pra comer um prato de comida inteiro,e as vezes até mesmo comer sentadas.E com a mudança da alimentação,a qualidade de vida mudou ainda mais,o aumento de obesidade,sedentarismo,doenças cardíacas e uma série de ameaças ao organismo humano de não só dessa,mas de futuras gerações também,cresceram bastante,e o riscos de contraí-las por meio do fator hereditário só cresce.

E falando em futuras gerações,as crianças de hoje são "educadas" pela mídia por causa da falta de tempo dos pais,e por falar em educação muita gente(inclusive eu) não estuda e não se aprofunda em assuntos que se interessam por ter que se dedicar a outras coisas que exigem bastante conhecimento e muito,mas muito tempo,que acaba faltando pra conhecer melhor o que gosta.Quantos desejos em nossas vidas não foram reprimidos só por não ter tempo?

Mudamos bastante o nosso humor,nosso jeito de ser pelo tempo,o estresse está em alta,e a paciência em decadência,a simpatia dos outros já é bastante rara,parece que o tempo é tão curto que somente as obrigações se encaixam nele,mas e nós?onde ficamos no quesito tempo?

A falta de tempo é tão grande que parece que somos "sugados" por ele,e quando nos damos conta já está tudo terminado e prestes a começar de novo.Julgamos certos valores e atividades como "perda de tempo",mas é que ele é tão curto que as pessoas acabam dando valor somente para obrigações,coisas que dão lucro material e saúde (já que assim elas estarão prolongando o seu tempo de vida),acabam todos esquecendo do bem-estar espiritual e vivendo pro amanhã,fazendo planos e esperando que o tempo mude.

Mas quando faz tempo que algo aconteceu,ele é mais bem valorizado,priorizando tradições e fazendo com que certos costumes não sejam perdidos no decorrer dos anos.Eu realmente admiro coisas antigas e culturas que permanecem até hoje-porque sobreviver ao tempo tá difícil.

Pois é,só em pensar nos feitos do tempo chego a centenas de ideias que conseguem se interligar por esse único assunto,que acaba gerando milhares de consequências.Tinha mais coisas pra falar sobre isso,mas com o tempo fui esquecendo.

->Estou tão espremida pelo tempo que nem preciso saber que dia do mês é amanhã,só preciso saber o dia da semana pra saber que prova eu tenho.

->Desculpe a tamanha repetição da palavra "tempo",é que eu não consegui achar nenhuma palavra com o significando que ela exprime nesse contexto,e nenhuma que tivesse tanto poder.

Imagine all the people living for today (John Lennon)

2 comentários:

Rissellie disse...

Oi adorei seu blog :D
Gostaria de saber se vc pode colocar um selo do meu blog no seu blog?
Se vc quiser o link esta lá no meu blog.
Ps: me siga
:D

Bill Falcão disse...

Eu também andei sem tempo, Laís, por isso só agora apareço por aqui!
Mas você tem toda a razão. A falta de tempo só faz mal para nós! Os exemplos que você deu são perfeitos, a começar pela péssima (e rápida!) alimentação que querem nos impor.
Depois, se der tempo (hehehe!), passe lá no JL e veja um post que, creio, você vai gostar, onde falo de Woodstock e John Lennon. Uma época onde as pessoas davam mais valor ao... tempo!
Bjooooooooooo!!!!!!!!!!!