quarta-feira, 30 de dezembro de 2009

Família

Mais um ano está terminando e todos nós nos lembramos,ao ver as retrospectivas transmitidas pela TV,os sufocos que o mundo inteiro passou,os problemas enfrentados,os acontecimentos que marcaram,e claro,o quanto a sociedade humana,por mais mudada que esteja, ainda assim consegue assustar nossas mentes e amolecer nossos corações.

Os dramas vividos hoje em dia,principalmente por jovens,os especialistas sempre argumentam que a melhor maneira de evitá-los começa em casa.Desse jeito fica mais fácil descobrir o quanto é difícil evitar e o porque que todos esses dramas estão cada vez mais comuns.

A pergunta é: começar em casa com quem? Pais que deixam os filhos serem educados pela televisão? Que acreditam que a escola dá toda a educação necessária? Por favor,está na hora de todos mudarem aquela visão de "jovens malucos,juventude perdida",porque se a juventude está perdida ela andou por algum caminho,e tinha alguém pra guiá-la.

"Mas os pais têm trabalho",eles dizem."Mas eles têm filhos também",penso eu.É certo que as antigas famílias eram muito rígidas,os pais menosprezavam os filhos e não existia de fato intimidade entre eles,já que deviam ser obedientes e decentes.Acontece que com o crescimento desenfreado da inteligência humana,da tecnologia e com tudo que conquistamos durante esses anos,a sociedade atual devia ser a perfeição,não é?

Começa em casa.E é verdade.A grande quantidade de problemas enfrentados pelos jovens hoje nada mais é do que a realidade vergonhosa que a família passa atualmente.Jovens sem rumo,sem cérebro e sem objetivos.Mães que oferecem suas filhas pra prostituição,crianças de onze anos "pegando geral",adolescentes fúteis e sem princípios,emos,juventude alienada e estúpida.Onde está a família pra conduzi-los a um outro caminho?

Muitas famílias se transformaram em uma desordem.Filhos não respeitam pais,não os escutam e não se limitam a nada.Pais deixam de ser autoridades para sustentar a família trabalhando.Os filhos,por sua vez,não reconhecem trabalho nenhum e parecem não ter mentalidade alguma para adquirir um aprendizado.Os pais cobram e não ensinam,os filhos recebem de mão beijada e não aproveitam.

Grandes valores foram deixados,ensinamentos indispensáveis foram esquecidos e a presença de quem mais precisamos ficou pra segundo plano.A família,pra mim,é a coisa que eu mais tenho esperança de que pode durar pra sempre.Mesmo reclamando às vezes que a minha é tão last week,eu tenho certeza de que sem ela eu realmente não sou nada,que tudo que tenho e venho aprendendo em casa e na escola se deve a ela e que principalmente,sem a presença dela em todos os momentos,eu sequer poderia acreditar em alguma coisa.Ela é,sem dúvidas,a base da minha formação.

Esse fim de ano está servindo pra que eu aproveite mais a minha família e aprenda com ela sentimentos novos e antigos princípios.

P.S.:Fiquei quase um mês sem postar,vão desculpando,estava viajando (Goiânia,Brasília e Caldas Novas) e sem inspiração.Espero que 2010 seja bom pra todos e pelo que li no meu horóscopo realmente vai ser (decidi acreditar,desta vez),tô animada pra esse novo ano,afinal,vai ter copa do mundo,vai ser a primeira década do ano 2000 e vai ser um ano de mudanças(boas,espero).Vou passar o reveillon na praia,nenhuma promessa pra Iemanjá,mas muitas pra mim.Andei sentindo umas ondas de nostalgia que bloquearam a minha mente,mas acabei superando com esse tema(família) que nada impediu todas essas palavras terem fluído.

2 comentários:

Thais Reis disse...

Lalá tava sentindo saudades de te!então era por isso q seu celular não respondia,cê tava viajando q nem jú e aninha.
Também toh aproveitando esse fim de ano com a minha familia,sei lá,percebi uma diferença nesse nossa relacionamento,clima fica mais calma e me sinto por estar perto deles,como nunca tinha sentido antes.Adorei o post,não tem dúvida.TENHO UMA AMIGA QUE VAI SER CRONISTA DA VEJA!não só dá veja como de todas as revista possíveis.Vai até ter um livro como aquele do Mario Prata.Andei refletindo sobre o ano q passou,e também estou cheia de promessas,não guardei nenhuma pra Iemanjá também.Quero ser uma pessoas melhor,ficar mais aberta á novos relacionamentos,ser mais gentil com as pessoas,para com minhas frescuras com homem e ser basicamente mais feliz...
bjos amiga
sinto saudades

Milena' disse...

"porque se a juventude está perdida ela andou por algum caminho,e tinha alguém pra guiá-la"
Acho que o maior problema é isso de dar tudo aos filhos. Os pais acham que estão fazendo um bem, mas só estão construindo pessoas fúteis que não dão valor à nada e nem à ninguém. A superficialidade impera e depois vemos os resultados.
Seus textos são tão críticos, adoro *-*
Feliz 2010, muitas coisas boas pra você
:*