domingo, 11 de outubro de 2009

Sorte,azar ou destino ?

Num dia desses,antes de começar minha prova,acho que de geometria,o pessoal da minha sala pediu pra que a coordenadora nos desse boa sorte,porque ela sempre nos desejava isso,mas dessa vez ela soltou: "o aluno que estuda não precisa de sorte".Fui pensar nisso depois,o que ela disse é uma meia verdade,uma pessoa preparada não precisa de sorte,ela está pronta,determinada,ela vai se dar bem,porque sabe como reagir,se comportar e enfrentar os desafios para os quais ela se preparou.Mas isso pode mudar totalmente caso ocorra algum imprevisto,algum intrometimento do destino,algo para o qual ela não tinha como se preparar.


Há situações que precisamos de sorte,sem realmente necessitar dela,nem que seja pra aprimorar o que foi muito bem ensaiado,melhorar o que está muito bem feito e aprofundar o que já é de completo entendimento.Já o azar,que é totalmente indesejado e que muitas pessoas acham que só afeta gente pouco preparada, pode destruir os mais diversos tipos de personalidade e arruinar inúmeros esforços.A sorte ou o azar interferem em tudo,mudam nossos rumos,nos mostram o que não era possível e nos fazem mudar de opinião,por isso costumo achar que os dois tem o mesmo nome: destino.As nossas atitudes,vitórias,derrotas,erros e conquistas dependerão imensamente da nossa sorte e do azar,e estes nos mostrarão quais caminhos seguir e quais escolhas devemos tomar.Talvez a aquela coisa que nem eu não acreditava mais,exista.


Posso estar errada,mas a ligação entre sorte,azar e destino é muito grande.Acredito numa força maior e na força de vontade,que podem driblar esses três que somente significam o rumo já previsto de nossas vidas.Enquanto isso,vou rezando e pedindo,pra que o minha sorte (ou destino?) seja muito grande,e pra que haja não só uma história já escrita em nossas vidas,mas várias.

P.S.:Viajei para Salvador semana passada (lá é incrível,a cidade,a cultura,as praias,a comida,a alegria,o bom-humor do povo e o sotaque) e trouxe de lá várias fitinhas do senhor do Bonfim,que há de interferir no meu destino,ou quem sabe enchê-lo de bençãos e mostrar que na história que já foi escrita pode se acrescentar mais alguns parágrafos.

-------
Selo:


Regras:
1) Postar o link do blog que te deu o selo:
http://psiquecotidiana.blogspot.com/
2) Indicar nove blogs para receber o selo:
Fatos Aleatórios,estrelinha ★,all about everything,Eu conto,tu lê,Limão com couve..!,Metamorfose,Querido Diário Otário,My love is true, I promess !,I r o n i a C e n s u r a d a

3) Escrever nove características suas:
Sonhadora,preguiçosa,tímida,inspirada,alegre,observadora,paciente,lerda,tranquila.
4) Responder a pergunta: "Qual é seu doce preferido?"
difícil decidir,acho que torta de chocolate.

2 comentários:

Gabi disse...

Eu acho que isso vai muito da interpretação das pessoas, no meu ponto de vista, por exemplo, nós já temos nossa história toda escrita, mas como se fosse num labirinto (não era essa a palavras que eu queria :S), e que assim, já está tudo escrito certinho, mas no momento de uma decisão há X caminhos no "livro da nossa vida", cada qual levando para um caminho com suas consequencias diferentes!
Entendeu? Acho que ficou confuso... :x

Bill Falcão disse...

No caso da prova lá, creio que sua professora tinha razão, Laís!
Já no "plano geral da vida", imagine uma pessoa que perde um vôo e o avião cai.Ou outra que passa por uma rua onde, segundos atrás, um carro invadiu a calçada e matou várias pessoas. Aí, podemos considerar sorte, não?
Bjooooooooo!!!!!!!!!